Logon
Blog

Artrite reumatoide: entenda quais as causas, sintomas da doença e qual o tratamento indicado para cada caso

Com o tratamento adequado é possível prevenir deformações causadas por essa doença autoimune

​​A famosa dor nas juntas pode ter um cunho inflamatório e devemos suspeitar sempre que esse incômodo se manifestar em várias articulações ao mesmo tempo. Além de comprometer a execução de atividades simples do dia a dia, sem o devido tratamento, pode levar até mesmo a deformações nas articulações. O Dr. Daniel Ramallo, coordenador do Departamento de Ortopedia do Hospital São Lucas Copacabana, fala sobre os sintomas e tratamentos para a artrite reumatoide. 

O que é a artrite reumatoide?

A artrite reumatoide é uma doença inflamatória autoimune crônica. Isso significa que o sistema imunológico produz anticorpos que atacam as células saudáveis do próprio corpo e causam inflamações, principalmente nas articulações das mãos, pés, pulsos e joelhos. Esse quadro acomete duas vezes mais as mulheres com mais de 30 anos do que os homens da mesma faixa etária e a tendência aumenta de acordo com a idade. 

Quais as causas da artrite reumatoide?

A causa da artrite reumatoide é desconhecida. Sabe-se apenas que, por ser uma doença autoimune, o corpo ataca tecidos saudáveis equivocadamente. Fatores como infecções, genes, mudanças hormonais, histórico familiar e tabagismo podem estar relacionados com o surgimento das dores nas articulações. 

Artrite e artrose: qual a diferença entre elas?

É comum que haja confusão entre artrite e artrose. A artrite é a doença inflamatória da articulação e pode ter várias causas como infecção, condição autoimune e traumática, por exemplo. Já a artrose é uma doença degenerativa que acomete a cartilagem, provoca atrito entre os ossos e dificuldade de movimentos. 

Quais são os sintomas da artrite reumatoide?

Os sintomas da artrite reumatoide podem se manifestar em qualquer articulação do corpo, sobretudo nas mãos, punhos e coluna cervical. Isso provoca rigidez matinal, fadiga e, à medida que a doença progride, há comprometimento da cartilagem articular e, consequentemente, deformidades que ocorrem principalmente nas articulações periféricas (joanete, por exemplo).

Os sintomas mais comuns são:

  • Inchaço;
  • Dor intensa;
  • Vermelhidão na articulação afetada;
  • Ardência;
  • Febre;
  • Cansaço;
  • Fraqueza. 

Como a artrite é diagnosticada? Qual o tratamento indicado para a artrite reumatoide?

Para realizar o diagnóstico da artrite reumatoide, segundo o Colégio Americano de Reumatologia, é preciso apresentar ao menos quatro das seguintes características por, no mínimo, seis semanas:

  • Rigidez articular matinal durando pelo menos 1 hora;
  • Artrite em pelo menos três áreas articulares;
  • Artrite de articulações das mãos: punhos, interfalangeanas proximais (articulação do meio dos dedos) e metacarpofalangeanas (entre os dedos e mão);
  • Artrite simétrica (no punho esquerdo direito, por exemplo);
  • Presença de nódulos reumatoides;
  • Presença de Fator Reumatoide no sangue;
  • Alterações radiográficas: erosões articulares ou descalcificações localizadas em radiografias de mãos e punhos. 

O diagnóstico precoce possibilita que o tratamento controle o avanço da artrite reumatoide e previna lesões articulares que comprometam a qualidade de vida do paciente. O médico reumatologista pode solicitar exames laboratoriais como:

  • Velocidade de hemossedimentação (VHS): quando está alta, indica inflamação no corpo;
  • Proteína C-reativa (PCR): ajuda a verificar a intensidade da inflamação;
  • Teste de anticorpos antinucleares: para verificar a produção de anticorpos pelo sistema imunológico;
  • Fator reumatoide: é uma proteína que o sistema imunológico produz quando ataca os próprios tecidos do corpo;
  • Anticorpos anti peptídeo citrulinado cíclico (anti-CCP): ajuda a diferenciar a artrite reumatoide de outros tipos de artrite. 

Exames de imagem como raio X, ultrassonografia, tomografia e ressonância também podem auxiliar na obtenção do diagnóstico. O tratamento varia de acordo com o estágio e complexidade da artrite: medicamentos anti-inflamatórios e corticoides são indicados para o alívio da inflamação e das dores nas articulações, enquanto terapias imunossupressoras e fisioterapia também podem ser utilizadas para promover bem-estar ao paciente. 

Já os quadros mais complexos de artrite reumatoide podem precisar de intervenção cirúrgica para realinhamento dos tendões, substituição das articulações, remoção do excesso de membrana sinovial ou união dos ossos.

Veja mais