Logon
Blog

Cinco alimentos usados para a prevenção de doenças crônicas

Frutas, legumes e vegetais certos são a chave para um organismo mais saudável

Investir em uma alimentação benéfica como um hábito de vida não traz benefícios apenas para a manutenção do peso e o aumento da longevidade, mas também para preservar a saúde e evitar diversos tipos de doenças. Diabetes, hipertensão, colesterol alto e outras patologias crônicas, que influenciam no desenvolvimento de enfermidades mais desafiadoras, podem ser combatidos com mudanças simples na dieta. Veja a seguir cinco alimentos que atuam na prevenção de distúrbios crônicos.

Aveia

Segundo o dr. João Merheb, nutrólogo do Hospital São Lucas Copacabana, uma das principais vantagens da aveia é que ela ajuda a controlar os níveis de colesterol e preserva a saúde das artérias, o que beneficia também o coração. Além disso, ela também é fonte de potássio, fibras e ômega 3.

Batata-doce

O baixo índice glicêmico da batata-doce é um de seus grandes atrativos, já que o carboidrato que ela oferece não eleva tanto a quantidade de açúcar na corrente sanguínea como os outros tipos de batata e outras fontes de carboidrato conhecidas, como o macarrão.

“As vitaminas A e C também estão presentes em boa quantidade na batata-doce e atuam fortalecendo o sistema imunológico”, afirma o dr. Merheb.

Castanha-do-pará

O sistema imunológico e o colesterol se beneficiam – e muito – dos componentes da castanha-do-pará. Além de ser uma ótima fonte de selênio, ela oferece muitas vitaminas do complexo B, zinco e magnésio, que atuam também no combate ao envelhecimento das células e na desintoxicação do organismo. Porém, diante de seu alto teor calórico, é indicado o consumo moderado.

Frutas vermelhas

É possível reduzir as chances de desenvolver doenças cardíacas com o consumo de frutas vermelhas, como morangos, cerejas, amoras e groselha. O segredo está na boa quantidade de fatores anti-inflamatórios que essas frutas têm.

“As frutas vermelhas são ricas em zinco, selênio e vitaminas do complexo B e C, além de antioxidantes. Todos esses componentes protegem o coração e também desaceleram o envelhecimento celular”, explica o nutrólogo.

Vegetais verde-escuros

Já os vegetais verde-escuros são unanimidade na hora de escolher os alimentos que mais trazem benefícios para a saúde de forma geral. Isso porque eles têm uma boa quantidade de vitaminas A, C e K, além de fibras, ferro, cálcio, magnésio e ácido fólico. Todos esses componentes diminuem os radicais livres e melhoram o funcionamento do intestino, além de reduzir o colesterol ruim e as chances de desenvolver doenças cardiovasculares. A dica é colocar mais couve, espinafre, rúcula e outros vegetais do grupo no prato.



Veja mais