Logon
Blog

Cinco fatores de risco para o avanço do câncer

Os hábitos cultivados durante a vida são muito mais importantes do que se imagina.

​Os hábitos cultivados durante a vida são muito mais importantes do que se imagina. Quando são nocivos à saúde, eles podem aumentar as chances de desenvolver doenças graves como diversos tipos de câncer. A boa notícia é que essa condição não é permanente, e o quanto antes esses hábitos forem abandonados, mais fácil fica cuidar da saúde e prevenir o câncer. Fique de olho e conheça os cinco fatores de risco que propiciam o surgimento de câncer:

  1. Tabagismo

Além de deixar o paciente suscetível à evolução de doenças pulmonares, o cigarro também aumenta – e muito – as chances de ele ter câncer de pulmão, garganta e boca por causa das muitas substâncias nocivas contidas nele.

  1. Alimentação inadequada

Muitos alimentos estão diretamente ligados ao desenvolvimento de vários tipos de câncer, principalmente os que são processados, enlatados, defumados ou que passam por muitas etapas de modificação química para chegar a um sabor ideal – como linguiças, salsichas e mortadela. Esse tipo de alimento deve ser cortado completamente da dieta ou ser ingerido em pouquíssimas ocasiões. Vale dar sempre preferência a frutas, legumes, verduras, grãos e cereais no lugar das versões industrializadas.

“A má alimentação pode aumentar as chances de o paciente ter câncer de próstata, mama, esôfago, cólon e estômago, então, é muito importante ficar atento ao que é posto no prato”, afirma o dr. Frederico Muller, oncologista do Hospital São Lucas Copacabana.

  1. Exposição prolongada ao sol

Passar muito tempo exposto ao sol, sobretudo em um país com altas temperaturas como o Brasil, pode trazer problemas além das queimaduras e do desconforto, sendo o cenário ideal para o surgimento do câncer de pele. Segundo o dr. Frederico, é muito importante evitar os horários de pico de temperatura, entre 10h e 16h, e nunca se esquecer de passar o protetor solar de duas em duas horas quando for ficar muito tempo ao ar livre.

  1. Excesso de bebidas alcoólicas

São mais de 200 doenças, entre mentais, hepáticas e cardiovasculares, que a bebida alcoólica em excesso pode causar – incluindo também alguns tipos de câncer, como o hepático, de reto, boca e esôfago. Essa situação fica ainda mais alarmante quando o álcool é combinado com o tabagismo.

“Diminuir a quantidade de cerveja, vinho, vodca, cachaça e outras bebidas alcoólicas ajuda a melhorar a saúde. O consumo dessas substâncias deve ser realizado sempre com muita moderação”, afirma o oncologista.

  1. Sedentarismo

Ficar sem exercitar o corpo é um dos atos mais danosos à saúde e ao organismo de uma maneira geral. Além de influenciar no aumento de peso e no desenvolvimento de doenças cardiovasculares, o sedentarismo também abre caminho para que células cancerígenas consigam se estabelecer mais facilmente no organismo.

Não é preciso muito: meia hora de atividade física por dia já é o suficiente para preservar a saúde. Vale andar pelo bairro, passear com o cachorro, andar de bicicleta, praticar um esporte e até mesmo dançar. O que não pode é ficar parado.​

Veja mais