Logon
Blog

Cirurgia robótica de próstata e as vantagens para a saúde masculina

A tecnologia permite maior precisão cirúrgica para a remoção da próstata

​A cirurgia robótica de próstata apresenta uma série de benefícios ao paciente, confira a seguir os detalhes sobre esse tipo de procedimento.

O mês de novembro marca uma série de ações de conscientização sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de próstata. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), estima-se que em 2020 terão sido diagnosticados cerca de 65.840 novos casos. A prostatectomia, a cirurgia de remoção da próstata e a radioterapia são os principais tratamentos do câncer de próstata. 

O que é a cirurgia robótica?

A cirurgia robótica é o procedimento no qual o médico aplica a técnica de laparoscopia assistido por um robô para remoção da próstata. Ele usa um sistema de braços robóticos com alta precisão, controlados pelo próprio cirurgião. O equipamento proporciona ao cirurgião uma visão tridimensional de alta precisão com imagem até seis vezes melhor. Além disso, o sistema robótico favorece a amplificação dos movimentos da mão humana e facilita a reconstrução da anatomia em espaços limitados. 

Em quais casos a cirurgia robótica é indicada para o câncer de próstata? 

É indicada a todos os homens que tenham tido diagnóstico de câncer de próstata localizado ou avançado desde que não tenham metástases para outros órgãos.

Como é feita a cirurgia robótica de próstata?

A internação normalmente ocorre no mesmo dia da cirurgia. Há um preparo de jejum de 8 horas e a internação dura cerca de 1 a 2 dias. A cirurgia robótica de próstata acontece por meio de anestesia geral e dura entre 2 a 3 horas com mais 1 hora de observação no centro cirúrgico antes de ir para o quarto. São feitas pequenas incisões de até 2 cm na parte inferior do abdome abaixo do umbigo, para a colocação das pinças junto aos braços robóticos.

No final do procedimento, o paciente recebe doses de anestésicos para evitar dor no pós-operatório imediato. No mesmo dia, normalmente, já poderá ser liberado para alimentação leve e para sair da cama. Este método permite uma recuperação mais rápida.

O que acontece depois da prostatectomia robótica? 

Após a cirurgia robótica da próstata é recomendado o repouso evitando exercícios físicos vigorosos e outras atividades de muito impacto, porém os afazeres diários da casa são indicados. Após 2 a 3 semanas são permitidas caminhadas e atividades físicas leves.

São prescritos medicamentos como: antibióticos, analgésicos e contra gases. Durante cerca de 7 dias o paciente usará uma sonda de silicone na uretra. E depois, a remoção é feita de maneira simples e sem dor no consultório médico.

Nos primeiros dois anos após o procedimento o paciente deverá ter um acompanhamento a cada três meses. Do segundo ao quinto ano irá ao médico a cada seis meses. E depois de cinco anos, a consulta de acompanhamento deve ser anual.

 Complicações e riscos da cirurgia

As principais complicações e riscos em uma cirurgia de próstata são:  

-Sangramentos;

-Infecções;

-Incontinência urinária: perda no controle de segurar a vontade de urinar;

-Impotência sexual: necessidade permanente de usar medicações ou próteses artificiais;

-Impossibilidade de erradicar todos os focos da doença. 

Vantagens da cirurgia de próstata robótica em relação à tradicional 

Segundo o dr.Rafael Rosa, urologista do Hospital São Lucas Copacabana, os benefícios da cirurgia robótica de próstata em relação ao procedimento tradicional é a maior possibilidade de movimentos que o aparelho permite, uma vez que robô exerce perfeitamente o que o cirurgião faz. Outra vantagem é a visualização privilegiada do 3D, o que garante maior precisão para a cirurgia. Esse procedimento facilita a preservação de nervos e músculos que envolvem a glândula, evitando assim, outras complicações. 

O Hospital São Lucas Copacabana dispõe de tratamento com tecnologia robótica. Por ser minimamente invasivo, o uso cirúrgico dos robôs apresenta diversos benefícios para os pacientes, como a minimização de traumas e dores pós-operatórias, menor tempo de cirurgia e agilização do processo de recuperação. O que representa excelência e segurança em cirurgia. 

Veja mais