Logon
Blog

Como diminuir a quantidade de açúcar no dia a dia

Estar atento aos rótulos dos produtos é essencial para uma dieta mais saudável

​Quem não resiste a um docinho depois do almoço? Naqueles dias de maior estresse, um chocolate pode ser a chave para aliviar a tensão, mas tornar isso um hábito impa negativamente na saúde, porque alimentos como biscoitos, bolos e refrigerantes têm alto teor de açúcar em sua composição, que ajuda no desenvolvimento de doenças sérias, como o diabetes tipo 2. Mas, afinal, como reduzir a quantidade de açúcar no dia a dia?

Segundo o dr. João Merheb, nutrólogo do Hospital São Lucas Copacabana, limitar o consumo de açúcar é muito importante para promover a saúde e a qualidade de vida e deve começar logo, ainda na infância. Nesse caso, a alimentação da família, principalmente dos pais, tem papel fundamental na formação dos hábitos alimentares das crianças. Estar atento aos rótulos é outra forma de não extrapolar o consumo de açúcar.

“Vários alimentos e bebidas que encontramos no mercado podem parecer inofensivos, mas apresentam uma quantidade de carboidrato e açúcar além do esperado, basta olhar o rótulo com mais atenção para perceber”, afirma o dr. Merheb.

Um produto é considerado com baixo teor de açúcar quando tem até 5 gramas dele. Mas nem sempre isso é informado no rótulo, então, é necessário ficar de olho na quantidade total de carboidratos, que incluem os açúcares. Outra dica é estar atento às frutas: a frutose também é um tipo de açúcar e seu excesso faz mal para a saúde.

Sobremesas feitas com açúcar natural devem ser priorizadas, porque o organismo o absorve melhor. No caso de adoçantes, os naturais – como o xilitol, o eritritol e o maltitol – devem ser a preferência no lugar dos químicos, que incluem a estévia, o aspartame e a maltodextrina.

Outras dicas simples, mas que podem fazer a diferença é evitar adoçar o café e outros alimentos com açúcar branco, comer sobremesa apenas após as refeições, escovar os dentes depois de ingerir doces e, gradativamente, substituir o chocolate ao leite pelo amargo.

“Reduzir o açúcar não só ajuda no controle do peso, mas também na manutenção da saúde, já que seu consumo excessivo pode acarretar enfermidades como diabetes tipo 2, gordura no fígado, hipertensão e doenças cardiovasculares”, explica o especialista.

Limitar a quantidade de açúcar é fundamental para a saúde, mas parar de consumi-lo não é a solução. A abstinência de doces pode gerar episódios de compulsão, principalmente quando a pessoa não está em um bom dia ou decide desistir da dieta. Segundo o dr. Merheb, o importante é manter um consumo equilibrado da substância.



Veja mais