Logon
Blog

Dez alimentos que aceleram o metabolismo

Gengibre, guaraná e amêndoa são alguns aliados na perda de peso e desintoxicação do organismo

Muito procurados por quem deseja emagrecer, os alimentos que aceleram o metabolismo são indicados, principalmente, para quem quer estimular a perda de gordura corporal. Isso acontece porque determinados tipos de alimento, quando processados pelo organismo, têm ação desintoxicante, enquanto outros atuam por meio de uma ação termogênica maior – sendo ambos benéficos para quem quer melhorar os resultados da academia. Conheça a seguir 10 alimentos que aceleram o metabolismo.

Abacate: apesar de muitas pessoas acreditarem que o abacate engorda, a fruta, na verdade, estimula o metabolismo a queimar gorduras. Isso acontece porque ele é rico em gorduras monoinsaturadas, ou gorduras boas, que diminuem a secreção corporal de hormônios que promovem o acúmulo de gordura – como a insulina e o cortisol.

Amêndoa: além de ser rica em gorduras boas e conter altos níveis de magnésio e cálcio, as amêndoas ajudam o corpo a produzir mais melatonina – hormônio que favorece a queima de gordura. Soma-se a isso o fato de as amêndoas serem boas fontes de proteína, porém, é necessário ter moderação na hora de consumi-las, já que são bem calóricas.

Atum: como tem bastante ômega 3, a ingestão do atum melhora o metabolismo da glicose, impedindo que o hormônio seja liberado em excesso na circulação, o que facilita o acúmulo de gordura. Segundo o dr. João Merheb, nutrólogo do Hospital São Lucas Copacabana, o ômega 3 também estimula a produção de leptina, hormônio que está ligado à saciedade.

Brócolis: poderoso antioxidante, os brócolis trazem muitos benefícios para o prato, já que fortalecem o sistema imunológico e fornecem fibras importantes para ajudar no funcionamento do intestino. O metabolismo fica acelerado por causa da quantidade de vitamina C e cálcio presente nos brócolis, que promove a queima de gordura. Já a clorofila, também existente no vegetal, ajuda a desintoxicar o fígado e estimula a produção de energia.

Café: famoso por acelerar o metabolismo, o café é rico em cafeína, que promove a queima da gordura. Como seu consumo pode influenciar no sono e em pacientes com pressão alta ou gastrite, é importante consultar um especialista antes de começar a consumi-lo.

Canela: importante antioxidante e anti-inflamatório, a canela promove uma ação termogênica no organismo ao ser ingerida, sobretudo quando acompanha chás ou frutas. Além disso, ela também ajuda a controlar o colesterol alto e o diabetes.

Chá verde: queridinho de quem usa diferentes tipos de chá para emagrecer, o chá verde contém cafeína e flavonoides, que estimulam o metabolismo e ajudam na queima de gordura. Soma-se a isso seu efeito diurético, que beneficia a retenção de líquidos.

Gengibre: outro famoso alimento termogênico, o gengibre aumenta a produção de calor e, consequentemente, do suor por conter altas doses de 6-gingerol e 8-gingerol. Tanto o chá feito de gengibre quanto os sucos e as vitaminas em que ele é adicionado melhoram a digestão.

Guaraná: além de saboroso, o guaraná aumenta o metabolismo por conter cafeína. Porém, é recomendado ter precaução na hora de consumi-lo junto com sucos e chás – a quantidade deve ser pequena e deve-se evitar sua ingestão perto da hora de dormir, já que pode atrapalhar o sono.

Pimenta vermelha: rica em capsaicina, um estimulante do bom funcionamento do metabolismo, a pimenta vermelha promove o emagrecimento por causa de sua ação termogênica. Porém, seu consumo deve ser feito com sabedoria, já que o excesso pode prejudicar o estômago.



Veja mais