Logon
Blog

Maio Amarelo: saiba como a ortopedia age nos casos de acidentes de trânsito

Equipe de Ortopedia no Hospital São Lucas une tecnologia e dedicação para oferecer tratamento humanizado ao paciente

​Os cuidados diários nas estradas, seja por motoristas, seja por pedestres, são fundamentais para a prevenção de acidentes. Este mês é marcado pela campanha Maio Amarelo, que reforça a importância da atenção no trânsito para evitar traumas automobilísticos, considerados uma das principais causas de lesões e fraturas de alta complexidade. Quando ocorrem colisões de veículos (carro, moto e outros), é preciso buscar atendimento médico especializado para que o paciente receba o tratamento adequado, o que reduz as chances de sequelas. 

Ortopedia: tratamento de traumas

Os traumas podem ser causados tanto por situações de alta energia –ocorrências de trânsito e atropelamentos, por exemplo – quanto por eventos menores – como queda da própria altura em casa ou na rua. Um dos tipos mais comuns de danos corporais que ocorrem nas estradas é a fratura de fêmur, que pode acontecer quando o paciente se choca contra o chão ou outros objetos. Além dela, lesões no punho, no abdome e na coluna também são frequentes. Há ainda os casos de politraumatismo, quando a vítima apresenta diversas contusões simultâneas.

Geralmente, o trauma vem acompanhado de alguns sintomas: dor, deformidade angular, sangramento, lesões de pele e escoriações. Ao presenciar um acidente, é importante entrar em contato imediato com o atendimento médico especializado (Samu – 192 ou Bombeiros – 193). Veja o que fazer até que a ambulância chegue:

  • a primeira dica é: não remova a vítima, a menos que haja risco de explosão nas proximidades;
  • verifique a respiração e os batimentos cardíacos do acidentado; 
  • realize massagem cardíaca caso a pessoa não esteja respirando;
  • observe se há ferimentos graves ou perfurações;
  • converse para que o paciente se mantenha consciente;
  • se houver sangramento, faça pressão sobre ele para estancar o sangue;
  • caso haja alguma perfuração, não remova o objeto que a causou, pois ele pode estar servindo de tampão, evitando uma hemorragia.

Além das técnicas de primeiros socorros, há outras práticas que salvam ainda mais vidas: usar o cinto de segurança, evitar usar de aparelhos eletrônicos enquanto dirige e respeitar a faixa de pedestres ajudam a estabelecer um trânsito mais seguro e evitam colisões e atropelamentos. 

Ortopedia e traumatologia no Hospital São Lucas Copacabana

Nossa equipe multidisciplinar está apta a receber tanto pacientes de casos simples – como escoriações leves – quanto vítimas de quadros complexos, em que é necessário iniciar um tratamento mais extenso e completo. Segundo o Dr. Daniel Ramallo, coordenador da Ortopedia e Traumatologia do HSL, o segredo para um bom atendimento está na formação da equipe médica: “Ter um time altamente capacitado e em constante treinamento garante um tratamento de extrema qualidade técnica, mas sem esquecer que estamos lidando com pessoas. Tanto o paciente quanto a família precisam de atenção humanizada", explica o Dr. Daniel. 

Por isso, o HSL realiza não só as intervenções de trauma, mas também procedimentos cirúrgicos nas demais especialidades ortopédicas (quadril, ombros, mãos, coluna, joelhos e pés). Para obter um diagnóstico preciso, a equipe do Hospital São Lucas conta com uma série de exames de imagem que permitem um bom plano cirúrgico, garantindo, consequentemente, a rápida recuperação dos pacientes.

“Na maioria das vezes, a radiografia consegue dar ao médico as informações mais importantes para identificar o problema e auxiliar no planejamento operatório. Em casos mais complexos, podemos utilizar a tomografia computadorizada, com cortes finos, e até mesmo a ressonância nuclear magnética, a fim de aprofundar o estudo do caso e observar as lesões mais detalhadamente", afirma o especialista. 

Se você passou por algum acidente, não deixe de buscar atendimento médico, pois, caso haja um trauma, adiar o tratamento pode agravar o quadro. Para agendar uma consulta, ligue para (21) 2545-4000.

Veja mais