Logon
Blog

O que são hérnias e como tratá-las?

Causa pode estar relacionada com enfraquecimento de tecidos e músculos da parede abdominal

​​​​​​A hérnia é uma protuberância ou caroço ocasionado pelo deslocamento de algum órgão interno por espaços da musculatura que podem surgir em algumas partes do corpo, como a virilha e o umbigo ou qualquer local do abdome, incluindo a região lombar. A causa está associada ao enfraquecimento dos tecidos e músculos que formam a parede abdominal (barriga) e a hérnia pode ocorrer por causa de problema congênito, gestação, obesidade e incisões cirúrgicas mal cicatrizadas.

Existem vários tipos de hérnias abdominais. Veja, a seguir, as mais comuns, com base nos locais em que podem ocorrer:

Incisional – pode ocorrer por meio de uma cicatriz depois de uma cirurgia abdominal; as regiões abdominal e lombar são os locais de incidência desse tipo de hérnia.

Epigástrica – acontece na linha média do abdome em razão do afastamento dos músculos retos da região (dois músculos localizados na parte anterior e central do abdome, acima do umbigo).

Umbilical – ocorre quando o músculo ao redor do umbigo não se fecha completamente.

Femoral – aparece abaixo da virilha quando uma parte do intestino avança pela passagem que normalmente é utilizada pelos grandes vasos sanguíneos (a artéria e a veia femoral); é mais comuns em mulheres.

Inguinal – desponta na virilha quando uma porção do intestino sai por uma área de fraqueza da parede abdominal chamada canal inguinal; é a hérnia que ocorre com maior frequência na região da virilha.

Normalmente, a hérnia não apresenta sintomas. Mas se a abertura no tecido muscular e o deslocamento aumentarem, pode ocorrer dor no local. O desconforto pode piorar quando há esforço, como levantar objetos pesados, atividades que pressionem a parte inferior do abdome ou se a pessoa permanecer em pé por períodos prolongados. A hérnia ainda pode surgir em um momento de esforço e depois desaparecer espontaneamente ao repousar. Mas, às vezes, pode apresentar formas mais graves, que provoca o bloqueio da circulação sanguínea e, consequentemente, a necrose do órgão dentro da hérnia. É comum, nesses casos, surgirem sintomas como dor, náuseas e vômitos. Caso isso ocorra, procure rapidamente um atendimento médico.

O tratamento das hérnias quase sempre é cirúrgico. Os casos menos complexos são abordados de forma eletiva, ou seja, com procedimento programado. Em outras situações, é necessário realizar uma cirurgia de emergência. Este é o único tratamento que pode corrigir uma hérnia de maneira permanente. No entanto, as hérnias menores, que não apresentam sintomas, às vezes, precisam apenas ser observadas. Podem ser usados somente medicamentos para dor (sintomas), pois nenhum recurso medicamentoso vai interferir na evolução da doença.

​Centro de Hérnias Abdominais do Hospital São Lucas Copacabana (HSL)

No Centro de Hérnias Abdominais do Hospital São Lucas Copacabana, o paciente conta com corpo clínico nomeado e equipe multidisciplinar especializada, além de conforto e agilidade em um ambiente acolhedor e seguro.  Lá os pacientes têm acesso a toda a linha de cuidado relacionada com a doença em um só lugar, desde o diagnóstico e tratamento até o pós-operatório.

​Para obter informações adicionais, o contato pode ser feito direto no local ou pelo telefone (21) 2545-4000, opção 1.


Veja mais