Logon
Blog

Quedas e fraturas em idosos como prevenir

Decoração da casa e alimentação rica em fibras ajudam na prevenção

​É comum que pessoas na terceira idade andem mais devagar devido à diminuição do equilíbrio e da força nas pernas. O problema, porém, é que elas também ficam mais sujeitas a sofrer quedas e fraturas: segundo uma pesquisa da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 10% da população brasileira com mais de 60 anos sofre algum tipo de acidente doméstico.

 Por isso, separamos seis dicas e soluções para evitar acidentes em casa:

  1. Colocar piso antiderrapante, corrimão e rampa de acesso.

  2. Utilizar calçado com solado antiderrapante.

  3. Evitar tapetes ou panos decorativos no chão.

  4. Instalar suporte de apoio no box do banheiro e próximo ao vaso sanitário.

  5. Manter objetos de uso frequente ao alcance das mãos.

  6. Escolher cadeiras, camas e poltronas com cabeceiras e apoios de costas e braços.

“Caso a queda aconteça, com fratura ou não, o mais importante é que o paciente seja encaminhado o quanto antes para receber atendimento especializado. Se possível, um hospital que ofereça serviços especializados em trauma, como o Hospital São Lucas Copacabana”, explica o dr. Paulo Silveira, coordenador do Centro de Trauma. Dessa forma, os cuidados para tratamento adequado serão priorizados, o que agiliza o tempo de recuperação e garante uma boa experiência de atendimento.

Muitos idosos também precisam tomar uma variedade de remédios diariamente e a combinação de alguns deles pode causar tontura, aumentando as chances de sofrerem queda. Para evitar esse tipo de acidente, o dr. Paulo sugere que os medicamentos não sejam tomados por conta própria, mas sim na companhia de um familiar ou profissional capacitado.



Veja mais