Logon
Blog

Tapioca mocinha ou vilã?

Alimento normalmente usado para emagrecimento pode ter efeito contrário

​Frequente nos pratos de quem deseja perder alguns quilos, a tapioca gera polêmica por onde passa. Afinal, ela ajuda ou atrapalha o emagrecimento? A chave para usar o alimento da melhor forma está na moderação e na definição de um objetivo específico.

Segundo o dr. João Merheb, nutrólogo do Hospital São Lucas Copacabana, a tapioca é feita com uma goma derivada da mandioca, um carboidrato com pouca quantidade de fibras. Como é geralmente consumida com diversos tipos de recheio, dos mais saudáveis aos mais calóricos, a capacidade de ajudar a emagrecer ou engordar está relacionada diretamente com o que acompanhará a tapioca.

“Quanto mais denso for o recheio, como os açucarados ou com muitos queijos, maior será a quantidade de calorias totais, e a tapioca, consequentemente, fará engordar. Porém, se consumida com recheios mais saudáveis, como rodelas de banana, ovo cozido, atum e legumes, ajudará na perda de peso”, explica o médico.

Além de ter baixo teor de sódio, a tapioca pode ser usada como alternativa para o pão, não tem glúten e ajuda a diminuir o apetite. Também é rica em cálcio e potássio e não precisa adicionar nenhum óleo ou gordura para ajudar no preparo. Porém, por causa de seu alto índice glicêmico, não é indicada para pessoas diabéticas, e a atenção ao tipo de recheio deve estar sempre em mente.

A tapioca pode ajudar tanto quem quer emagrecer e perder gordura quanto quem deseja engordar, tudo vai depender de como ela será saboreada. Porém, assim como qualquer outro alimento, deve ser consumida com moderação.



Veja mais