Logon
Blog

Tapioca mocinha ou vilã?

Alimento normalmente usado para emagrecimento pode ter efeito contrário

​Frequente nos pratos de quem deseja perder alguns quilos, a tapioca gera polêmica por onde passa. Afinal, ela ajuda ou atrapalha o emagrecimento? A chave para usar o alimento da melhor forma está na moderação e na definição de um objetivo específico.

Segundo o dr. João Merheb, nutrólogo do Hospital São Lucas Copacabana, a tapioca é feita com uma goma derivada da mandioca, um carboidrato com pouca quantidade de fibras. Como é geralmente consumida com diversos tipos de recheio, dos mais saudáveis aos mais calóricos, a capacidade de ajudar a emagrecer ou engordar está relacionada diretamente com o que acompanhará a tapioca.

“Quanto mais denso for o recheio, como os açucarados ou com muitos queijos, maior será a quantidade de calorias totais, e a tapioca, consequentemente, fará engordar. Porém, se consumida com recheios mais saudáveis, como rodelas de banana, ovo cozido, atum e legumes, ajudará na perda de peso”, explica o médico.

Além de ter baixo teor de sódio, a tapioca pode ser usada como alternativa para o pão, não tem glúten e ajuda a diminuir o apetite. Também é rica em cálcio e potássio e não precisa adicionar nenhum óleo ou gordura para ajudar no preparo. Porém, por causa de seu alto índice glicêmico, não é indicada para pessoas diabéticas, e a atenção ao tipo de recheio deve estar sempre em mente.

A tapioca pode ajudar tanto quem quer emagrecer e perder gordura quanto quem deseja engordar, tudo vai depender de como ela será saboreada. Porém, assim como qualquer outro alimento, deve ser consumida com moderação.



Veja mais

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Conheça o nosso Portal de Privacidade.