Logon
Blog

Tenha uma alimentação saudável de forma pratica e sem pesar no bolso

Escolha dos alimentos certos melhora a saúde e não impacta no orçamento

Priorizar uma alimentação benéfica é um dos hábitos mais eficazes para manter o organismo sadio, sendo, inclusive, uma medida de prevenção para diversas doenças – como o diabetes e as doenças hepáticas. Porém, um mito muito difundido sobre a alimentação saudável é que ela pode ser mais cara e complicada de manter em comparação com as junk foods e pratos mais gordurosos, mas isso nem sempre é verdade. A seguir, o dr. João Merheb, nutrólogo do Hospital São Lucas Copacabana, dá dicas para facilitar a adoção de uma alimentação melhor.

Visite as feiras do seu bairro

Fazer todas as compras da casa em um único lugar é bem mais prático e rápido, mas nem sempre garante os melhores preços, principalmente de itens como frutas, legumes e verduras. Nesse caso, vale a pena visitar as feiras, os produtores locais ou as pequenas lojas do bairro, que podem ter preços melhores e/ou mais opções do que os mercados maiores.

Escolha as frutas e os legumes da estação

As frutas e os legumes são mais fáceis de encontrar, em determinadas épocas do ano, quando estão em colheita. Como a oferta é grande, os preços tendem a cair em relação às opções que estão fora de época, então, para amenizar os gastos, é indicado consumir as frutas da estação. Um exemplo é o morango, que é encontrado com mais facilidade nos meses de agosto, setembro e outubro, época de sua colheita, do que nos demais meses do ano.

Evite comprar por impulso

Segundo o dr. Merheb, ter um planejamento certo na hora de ir ao mercado ou à feira é importante para evitar gastos desnecessários. Quem sabe exatamente o que quer tem um objetivo na hora das compras, mas quem não sabe o que levar e vai olhar as opções têm mais chances de adquirir mais do que deveria. Uma dica é fazer uma lista com os itens necessários.

Separe um dia para preparar todas as refeições da semana

Depois de um dia de trabalho, ter que fazer o almoço ou a janta do dia seguinte pode dar preguiça, principalmente para quem tem uma rotina puxada e só quer relaxar ao chegar em casa. Uma dica para não precisar fazer a refeição na noite anterior é reservar um dia para fazer todas as refeições que serão consumidas durante a semana.

“O preparo pode ser feito no final de semana, em que geralmente temos mais tempo livre. Prepare as porções para os pratos de segunda à sexta e congele-as, deixando na geladeira apenas a refeição que será consumida no dia seguinte. À medida que a semana for avançando, basta tirar a próxima refeição do congelador e colocar na geladeira”, diz o dr. João.



Veja mais