Logon
Blog

Hábitos comuns que danificam o fígado

Dormir pouco e não urinar ao acordar pode prejudicar o órgão

​Muitas vezes, desenvolvemos hábitos que não parecem nocivos à saúde, mas que, na realidade, podem fazer muito mal para o organismo. No caso do fígado, considerado um dos órgãos mais importantes do corpo humano, por filtrar as toxinas e metabolizar as proteínas e os carboidratos, os danos podem ser sérios a longo prazo, podendo provocar até mesmo a falência do órgão. Confira a seguir alguns costumes que podem deteriorar o fígado.

Dormir e acordar tarde

Isso pode ser uma surpresa para muitos, mas dormir e acordar muito tarde, em comparação com os horários da maioria das pessoas, pode ser prejudicial ao fígado. Isso porque, segundo o dr. Henrique Sérgio, o organismo tem horários mais propícios para realizar certos processos de desintoxicação, que acontecem da melhor maneira justamente quando o corpo está adormecido. Quando essas ações não ocorrem da maneira que deveriam, o fígado não consegue realizar suas funções corretamente e é prejudicado.

Ingerir alimentos gordurosos em excesso

Seja pela falta de tempo, seja pelo mau hábito alimentar, muitas pessoas não resistem à facilidade e ao sabor do fast-food que, em sua grande maioria, é uma comida muito gordurosa ou açucarada e pobre em nutrientes. A ingestão constante desse tipo de alimento faz com que o corpo transforme o carboidrato em excesso de triglicerídeos no fígado, influenciando no desenvolvimento da esteatose hepática (gordura no fígado).

“Essa grande quantidade de gordura, açúcar e sódio vai dificultando cada vez mais o bom desempenho do fígado em sua função de filtragem, e as consequências são o aumento de gordura, sódio e glicose circulando no organismo”, explica o especialista.

Não tomar café da manhã

Quando uma pessoa fica muito tempo sem se alimentar, como durante o sono, as reservas de glicose ficam baixas, o que influencia diretamente o bom desempenho do fígado, que precisa de energia para cumprir suas funções. Deixar de tomar café pela manhã pode piorar ainda mais esse estado de baixa glicemia, que impedirá a ação de filtragem do fígado.

Consumir muita bebida alcoólica

Um dos componentes mais nocivos para a saúde do fígado é o álcool presente nas bebidas alcoólicas. Isso acontece porque o órgão demora muito para processá-lo e, durante essa tarefa, o álcool agride a estrutura física do fígado, causando pequenas lesões que vão impedi-lo de cumprir suas funções da maneira correta. Essa condição interfere diretamente no desenvolvimento do fígado gorduroso e da cirrose alcoólica. Não é necessário deixar de consumir bebidas alcoólicas, mas elas devem ser ingeridas apenas em pequenas doses.



Veja mais